PLANTÃO

Notícias

Conselho de Segurança da ONU impõe mais sanções a Coreia do Norte

O Conselho de Segurança da ONU impôs nesta sexta-feira (22) novas sanções à Coreia do Norte, em resposta ao lançamento do míssil feito pelo país no fim de novembro. Por unanimidade, os 15 países do Conselho aprovaram uma resolução proposta pelos Estados Unidos, que endurece ainda mais as amplas sanções internacionais contra o regime de Kim Jong-un. A informação é da EFE. As novas sanções buscam, entre outras coisas, restringir

Líderes muçulmanos pedem que mundo reconheça Jerusalém como capital palestina

Líderes muçulmanos, reunidos na capital turca, rejeitaram nesta quarta-feira (13) o reconhecimento do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de Jerusalém como capital de Israel e pediram que o mundo responda reconhecendo Jerusalém Oriental como capital da Palestina. O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, anfitrião da cúpula de mais de 50 países muçulmanos em Istambul, disse que a medida dos EUA significa que Washington abdicou de seu papel de mediador

Decisão sobre Jerusalém é ameaça à paz, diz Macron

O presidente francês, Emmanuel Macron, disse neste domingo (10) ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que a decisão do presidente americano Donald Trump de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel significa uma “ameaça à paz”. O encontro entre os dois líderes ocorreu em Paris, na França. A informação é da Veja Online. Macron tem sido a principal voz da Europa na condenação da decisão de Trump, que foi anunciada na

Estados Unidos enviam aviões para treino aéreo com Coréia do Sul; manobra pretende pressionar Coréia do Norte a retomar negociações

O Exército dos Estados Unidos está preparando uma grande movimentação militar para realizar um exercício aéreo com a Coreia do Sul. Serão 230 aviões dos dois países realizando testes de ataque a bases nucleares. A manobra pretende ser uma nova exibição de força para a Coreia do Norte. Com a chegada de novas aeronaves americanas à Coreia do Sul neste domingo (3), os dois países se preparam para iniciar amanhã

Marinha Argentina anuncia fim das buscas a sobreviventes do submarino militar desaparecido

A marinha da Argentina anunciou que não busca mais sobreviventes do submarino militar desaparecido há 15 dias, mas as buscas pelo veículo continuam, em informe divulgado nesta quarta-feira (30). O ARA San Juan desapareceu com 44 tripulantes a bordo no dia 15 de novembro, quando navegava pelo Golfo de São Jorge. O submarino havia zarpado no domingo 11 de novembro de Ushuaia para retornar a Mar del Plata, sua base

Argentina mantém buscas por submarino desaparecido com 44 tripulantes

O governo argentino continua hoje as buscas pelo submarino militar San Juan, com 44 tripulantes, que desapareceu dos radares na última quarta-feira (15). O porta-voz da Armada Argentina, Enrique Balbi, informou que “não descarta nenhuma hipótese”, mas acredita que o submarino “esteja em superfície”. A busca pelo submarino está sendo feita pela água e com ajuda de aviões e, segundo Balbi, metade de área de operação já foi rastreada. Entre

Vinte e três países da UE concordam em criar uma união militar

Vinte e três dos 28 países membros da União Européia (UE) concordaram hoje (13) em expandir significativamente sua cooperação militar. Os ministros das Relações Exteriores e da Defesa do bloco assinaram um documento em Bruxelas que deveria lançar as bases para uma futura união de defesa europeia. A informação é da agência alemã DPA. Segundo os líderes, a decisão de criar uma união de defesa europeia visa tornar a UE

Opositores ao governo de Nicolás Maduro deixam a prisão após mais de um ano

Os opositores ao governo venezuelano Yon Goicoechea e Delson Guárate deixaram na sexta-feira (3) a prisão com medidas cautelares, informaram fontes da Vontade Popular (VP), partido liderado pelos dois. “Libertaram meus irmãos Yon Goicoechea e Delson Guárate com medidas cautelares. Nunca deveriam ter sido privados de sua liberdade”, escreveu, em sua conta do Twitter, o vereador do município de Chacao (Miranda), Alfredo Jimeno. Mais tarde, Guárate usou sua própria conta

Estado Islâmico executa mais de 5 mil na Síria em três anos, revela levantamento

Da Agência EFE O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) matou 5,1 mil pessoas em 150 execuções sumárias na Síria ao longo de 40 meses, desde que anunciou seu califado em junho de 2014 até hoje, informou neste domingo (29) o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH). A ONG explicou que o EI matou civis, combatentes de facções rebeldes, das Forças da Síria Democrática (FSD) apoiadas pelos Estados Unidos e efetivos

Presidente do Parlamento Europeu diz que “ninguém reconhecerá a Catalunha”

O presidente do Parlamento Europeu, o italiano Antonio Tajani, afirmou neste sábado (28) que “ninguém reconhece, nem reconhecerá, a Catalunha como um estado independente” e que, para a União Europeia (UE), “não existe, nem existirá, outro interlocutor (relativo à região da Catalunha) que não seja o Reino da Espanha”. “O referendo de 1º de outubro era ilegal, como o era a decisão do parlamento regional. O Estado de Direito deve