O senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) tem dito a alguns interlocutores que considera a possibilidade de sair candidato à Presidência da República em 2018. De acordo com a coluna Expresso, da Época, ele poderia disputar o cargo tranquilamente porque o seu mandato no Congresso só vencerá em 2022.

O grande impasse são as investigações que correm contra ele no Supremo Tribunal Federal.