fase eliminatória para a Copa do Mundo de 2018 bateu recorde em número de jogos: foram 871. A seleção que mais participou de jogos para conseguir se classificar foi a Austrália, que disputou 22 partidas.

As eliminatórias para a próxima copa contaram com quatro países estreantes: Butão, Gibraltar, Kosovo e Sudão do Sul.

Sete campeões do mundo conseguiram se classificar: só a Itália ficou de fora. O Brasil continua sendo a única seleção presente em todas as copas já disputadas.

Do total de seleções que participaram da Copa de 2014, 20 também vão participar em 2018. Das que participaram da copa de 2002,  23 conseguiram vaga para a Rússia.

A Copa de 2018 marca a volta de três países que há muito tempo não conseguiam vagas. Peru vai disputar sua primeira copa desde 1982, o Egito volta agora depois de estar afastado desde 1990 e o Marrocos volta a disputar o mundial depois de ficar de fora por 20 anos.

Seleção do Peru comemora a classificação para a Copa do Mundo de 2018

Gols

Em toda fase eliminatória foram marcados 2.457 gols. O primeiro gol foi em 12 de março de 2015, do jogador Quito, do Timor Leste, em um jogo que acabou 4×1 em cima da Mongólia. O último gol marcado foi no dia 15 de novembro de 2017, do jogador Christian Ramos, do Peru, em partida que acabou 2×0 contra Nova Zelândia.

A maior goleada da fase eliminatória foi no jogo Qatar 15 x 0 Butão, na segunda rodada da Ásia.

Jogadores

Os artilheiros da fase eliminatória da Copa foram: Mohamed Al Sahlawi, da Arábia Saudita; Ahmed Khalil, dos Emirados Árabes Unidos; e Robert Lewandowski, da Polônia.

Lewandowski foi também o único jogador a marcar 3 gols numa só partida, e em 3 oportunidades.

Dois jogadores conseguiram fazer cinco gols em um único jogo: Mohamed Al Salawi, da Arábia Saudita, em jogo contra o Timor Leste. E Carlos Ruiz, da Guatemala, em jogo contra São Vicente e Granadinas.

O jogador mais velho a disputar as eliminatórias foi Dady Aristide, de Turks and Caicos, com 44 anos e 293 dias.

O mais novo foi Anthony Likiliki, de Tonga, com 15 anos e 257 dias.

O mais jovem a fazer um gol foi Ahmed Al Sarori, do Yemen, com 17 anos e 95 dias.

O artilheiro mais velho foi Pablo Escobar da Bolívia, com 38 anos e 91 dias.