A Coreia do Norte informou nesta segunda-feira (01) que vai impulsionar “à velocidade máxima” seu programa de armas nucleares, em resposta à crescente pressão exercida sobre o país por parte do presidente americano, Donald Trump. A informação é da Agência EFE.

“Agora que os Estados Unidos [EUA] estão fazendo muito ruído a favor de mais sanções e pressão contra a República Popular Democrática da Coreia (RPDC, nome oficial da Coreia do Norte), de acordo com sua nova política de máxima pressão e compromisso”, o país asiátiaco “vai acelerar ao máximo as medidas para reforçar o programa nuclear”, disse em comunicado um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores.

O texto, publicado nesta segunda-feira pela agência estatal de notícias KCNA, assegura que essas medidas podem ser adotadas “a qualquer momento e em qualquer lugar”.