Durante a cirurgia, o segundo dedo do pé direito do paciente foi implantado na mão. Cirurgia aconteceu no Rio de Janeiro

O auxiliar de depósito Carlos Henrique Pacheco, 33 anos, passou por uma cirurgia um tanto quanto incomum. Três anos após sofrer um acidente de moto que amputou o seu polegar esquerdo, ele passou por um implante que colocou um dos dedos do pé na sua mão. A cirurgia aconteceu em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, neste última sábado (19).

Apesar de se assustar inicialmente com a ideia, Carlos acabou se animando em colocar a prótese. “Eu achei até que era brincadeira do doutor para tentar amenizar a situação, mas ele me explicou tudo direitinho. Eu pesquisei na internet e aceitei fazer”, disse o auxiliar de depósito em entrevista ao Extra. “Graças a Deus correu tudo bem. Minha autoestima já melhorou bastante”, avaliou.

Durante a cirurgia, o segundo dedo do pé direito do paciente foi retirado. “No mesmo dia da cirurgia, fizemos uma plástica no pé para que fique esteticamente aceitável. Após a recuperação, além do retorno gradativo do movimento do dedo da mão, o paciente pode continuar fazendo tudo com o pé que foi operado”, explicou o microcirurgião João Recalde, que realizou o implante.

O procedimento é delicado, e foi realizado pelo programa SOS Reimplante, que já realizou mais de 500 cirurgias deste tipo desde 2008. As chances de sucesso são grandes – cerca de 95%. A expectativa é de que Carlos recupere alguns movimentos e a sensibilidade no dedo operado em até três meses.

A perda do polegar tinha afetado tarefas rotineiras na vida de Carlos, como escovar os dentes. “No trabalho também acabei impedido de fazer várias tarefas. Estou confiante de que vou voltar a ter uma vida normal. Agora é vida nova”, comemorou.

Durante a cirurgia, o segundo dedo do pé direito do paciente foi implantado na mão. Cirurgia aconteceu no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

Durante a cirurgia, o segundo dedo do pé direito do paciente foi implantado na mão. Cirurgia aconteceu no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)