Mais de 23 quilômetros percorridos. Do Jardim Savoia ao Hernani Sá. De norte a sul da cidade, Ilhéus em festa. Mais de dois mil automóveis de amigos, correligionários e eleitores, segundo a organização. Uma festa que consagra a campanha de Cacá Colchões com a marca da manifestação popular, da vontade de Ilhéus avançar, de seguir em frente, de vencer o retrocesso. Barra, Parque Infantil, Avenida Esperança, Teotônio Vilela, Avenida Itabuna, Princesa Isabel, Conquista, Pontal, dentre outros, lugares por onde Cacá e Rodrigo passaram durante a campanha e que receberam o carinho do povo.

“Estou feliz, passando por estas ruas, passa um filme na cabeça. Estou certo de que fizemos uma campanha limpa, com propostas que melhorarão a vida das pessoas e a resposta está nas ruas, no apoio popular que estamos presenciando”, disse Cacá. “Esta é a verdadeira festa da democracia, por que ela surge da vontade do povo, da resistência do ilheense que não quer o atraso de volta”, completou Rodrigo Cardoso, candidato a vice na chapa da Coligação “Avança Ilhéus”.

Cidade em festa com Cacá – Desde ontem, sexta-feira, a festa nas ruas em apoio a Cacá não para. Nos últimos dias, o clima é de vitória nesta reta de chegada. Pela manhã, Cacá visitou a comunidade do Paraguai, no Nelson Costa. “Espero que Cacá continue a olhar por nós, pois confio nos projetos dele”, disse Rosângela Oliveira, que mora há 18 anos na comunidade. Pela tarde, Cacá e Rodrigo visitaram o Alto do Nerival, na Barra, onde o morador Audelino França comemorou a presença dos candidatos.

O Pontal parou ontem à noite para receber o candidato a prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões, e o seu vice, Rodrigo Cardoso. Candidatos e militantes percorreram várias ruas do bairro e moradores abraçaram e declararam apoio a Cacá. Cacá arrastou uma multidão pelas ruas 13 de maio, Castro Alves, Dom Pedro II, Eustáquio Bastos, Do Bonfim, Júlio de Brito, Emílio Ramos e Cassimiro Costa. “Ele vai ganhar, é o mais trabalhador. A gente sabe no que deu o outro no governo”, afirmou José Olvídio, morador da praça São João Batista.

“A beleza do Pontal me encanta. A sua importância econômica me desafia como futuro prefeito de Ilhéus. Mas estou preparado para fazer o Pontal avançar”, disse Cacá, hoje morador do bairro. Ele lembrou que nos últimos anos iniciativas importantes, como o Pontal Criativo, tiveram seu apoio. “A essência desta ideia é ver cidadãos comuns transformando vidas, motivando a economia e exercitando a capacidade de a população identificar seus problemas e encontrar soluções sempre de forma inovadora”, destacou.

O candidato da Coligação Avança Ilhéus lembra que ações como esta, resultaram em outras conquistas, como a recuperação da praça São João Batista, hoje centro de um projeto de lazer que reúne, além de Feiras Criativas e espaços físicos para a prática esportiva, uma proposta de bairro gastronômico, que atrai toda a cidade nos finais de semana. O Pontal tem 26 restaurantes e botecos formalizados como Microempreendedores e mais 10 ainda na condição de informais.

Importante e estratégico – O Pontal do Aeroporto Jorge Amado, do segundo Bairro Criativo implantado na Bahia (o primeiro é o Candeal, em Salvador), agora recebe uma das suas grandes reivindicações: o saneamento básico. O Pontal que liga o centro à zona sul, em breve ganhará uma nova ponte. Muito já foi feito como, por exemplo, a recuperação asfáltica das principais ruas e avenidas do bairro e o início de uma reorganização do trânsito local. Mas o Pontal que se consolida como um dos bairros mais empreendedores de Ilhéus precisa avançar ainda mais.

Cacá e Rodrigo assumiram importantes compromissos durante a manifestação, a exemplo da requalificação e urbanização da avenida Lomanto Júnior, cartão de visita e passagem obrigatória para quem visita ou passa pelo bairro; criação de Ciclofaixas na avenida Lomanto Júnior, melhorando a mobilidade urbana e dando mais opções, com segurança, para a locomoção das pessoas; criação de um espaço com salas para oficinas, exposição do Projeto Criativo e salas para prática de capoeira, dança e atividades filantrópicas; consolidação do Pontal como Bairro Gastronômico, criando elementos que promovam o desenvolvimento e a ampliação de bares, botecos e restaurantes locais e a construção do Hospital da Zona Sul – Projeto concluído será entregue ao Ministério da Saúde. Cacá também destacou a importância de um melhor aproveitamento da baía do Pontal, incentivando a prática esportiva como canoagem, remo, valorizando um espaço natural propício à esta prática esportiva.