Acidente aconteceu nesta quarta-feira (18) em São Miguel do Iguaçu (PR). Ele estava preso às ferragens quando fogo começou, dizem testemunhas.

O motorista de um caminhão que ia de Santa Catarina para Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, carregado com verduras morreu carbonizado após bater na traseira de outro, carregado com lenha, que também seguia para a fronteira pela BR-277. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no início da manhã desta quarta-feira (18) em um trecho próximo aSão Miguel do Iguaçu, na mesma região.

Segundo os ocupantes do outro caminhão, de Ibema, o motorista, de 38 anos, ficou preso às ferragens por cerca de dez minutos até que o fogo começou e se espalhou pela cabine. Os três, que não se feriram, tentaram resgatar o condutor, mas não conseguiram por causa das chamas. A carga de lenha do veículo atingido ficou espalhada pelo acostamento e em parte da pista.

Policiais rodoviários federais mantêm o trânsito em meia pista. Até as 9h30 o tráfego permanecia lento no local.

Em outro acidente na manhã desta quarta, uma carreta com placas de Medianeira acabou batendo em um carro que saia do acostamento, também na BR-277, em trecho próximo a Santa Terezinha de Itaipu. Com a batida, o veículo de carga foi parar em um barranco às margens da rodovia. Ambos seguiam no sentido a Foz do Iguaçu. Ninguém se feriu.

Em outra batida, uma carreta foi parar em um barranco às margens da rodovia após bater em um carro; ninguém ficou ferido (Foto: Caio Vasques / RPC)

Em outra batida, uma carreta foi parar em um barranco às margens da rodovia após bater em um carro; ninguém ficou ferido (Foto: Caio Vasques / RPC)

Balanço parcial
De acordo com o balanço parcial da PRF, de sexta-feira (13) até terça-feira (17), foram registrados 18 acidentes nas rodovias federais entre Foz do Iguaçu e Santa Tereza do Oeste. Deste total, dez acidentes aconteceram em Foz do Iguaçu, três em Santa Terezinha de Itaipu, dois em São Miguel do Iguaçu, dois em Céu Azul e um em Matelândia. Seis pessoas ficaram feridas gravemente e não houve registro de mortes.

Neste mesmo período, foram realizados 568 testes com o etilômetro, o que resultou na prisão de um e na autuação de quatro motoristas por embriaguez ao volante. Outros 2.050 condutores foram multados por transitar acima do limite de velocidade.

Em todo o feriado de carnaval de 2014, haviam sido contabilizados 18 acidentes, com oito feridos e também nenhuma morte.