Diante dos episódios horripilantes envolvendo o PMDB no esquema de corrupção da Petrobras derrubando as máscaras das principais figuras do partido, Eduardo Cunha e Renan Calheiros, o diretório municipal em Ilhéus entrou no processo de desgaste interminável resultando na desfiliação em massa.

Os metidos a líderes (Nunca se elegeram para vereador) têm afastado as maiores lideranças de um bloco para combater o jabismo feio, sendo que o grupeco se restringe apenas em duas pessoas de nenhuma expressão, o presidente [pelego]“Xaveco” e o solitário filiado azararão. O Presidente do PSDB que o diga.

 

Raimundo

Raimundo do Basílio está cindo fora…

Nomes como Sinho pinturas, o vereador Raimundo do Basílio e, tantos outros quadros de expressão na política ilheense, puxaram a fila do processo de esvaziamento da sigla, por conta do jeito “tirano e centralizador” do presidente em tramar de forma isolada e capciosa, os acordõe$ nas madrugadas, na obtenção de resultados lucrativos. Geddel e Lúcio deveriam vê isto, depois não digam que não avisei…

Texto: Fábio Roberto