Na tarde/noite desta última sexta-feira, 14, a assessoria do vice-presidente da Câmara de Ilhéus, Luiz Carlos Escuta (PP), a convite do Presidente da Associação do Mercado de Artesanato de Ilhéus e diretoria, estiveram reunidos na secretaria de Cultura e Turismo com o titular Sr. Fábio Junior, para tratar do não cumprimento da Lei 4003/18, que apesar da legislação em vigor, infelizmente não é respeitada. “Buscamos o apoio do vereador Escuta pra nos ajudar, que de pronto se colocou a disposição”, afirmou ao JORNAL DO RADIALISTA, o presidente da Associação, Sr. Clóvis Couto Filho.

Na oportunidade foi discutido todo o embaraço que vários seguimentos de turismo vem criando; relações de empresas de turismo com o mercado hoteleiro; a não associação organizada de guias de turismo e complexidade e falta de bom senso daqueles que programam o ‘city tour’ na cidade. “Oportuna esta reunião pra que saibamos o que acontece e aquilo que possamos melhorar. Bastante salutar este encontro e a preocupação do Vereador ESCUTA com este vetor da economia e do turismo local, que é o Mercado de Artesanato”,  afirmou Fábio Junior.

Ao final da reunião, o assessor legislativo Elias Reis, representando ESCUTA, protolou ofício pedindo provindências urgentes. Na reunião participaram ainda a Secretária da Associação, Sra. Luiza Martins; a Tesoureira Maria José, e também a Superintendente de Cultura e turismo do município, Sra. Jenifer Santos.

Em acordo firmado entre os presentes, uma nova reunião ficou marcada para julho próximo, quando serão convidados novos seguimentos do turismo.

ABAIXO OFÍCIO PROTOCOLADO:

OFÍCIO Nº 99/2019

Ilmo. Sr. Fábio Manzi Junior

Secretário Municipal da Cultura e Turismo

NESTA

Senhor Secretário,

OBJETO: CUMPRIMENTO DA LEI MUNICIPAL 4003/2018.

Solicitamos do Senhor Secretário empenho para cumprimento da Lei 4003, que reconhece como interesse cultural, social e turístico para o Município de Ilhéus o Mercado de Artesanato.

Solicitamos ainda e, mais precisamente desta pasta, interferência urgente na aplicação do Art. 2º da lei em tela, no que diz respeito a inclusão do Mercado ao roteiro turístico da cidade, e divulgação do mercado em folders e informativos, durante eventos, festas, feiras e outras atividades afins.

Apelamos para que esta importante secretaria tome as providencias necessárias, urgentemente, por se tratar de uma norma e reclames dos comerciantes deste importante pólo turístico e comercial.

Limitado ao exposto, antecipo nossos agradecimentos,

Vereador Luiz Carlos dos Santos (Escuta) PP

Vice Presidente

ESCUTA, vereador diferenciado.