Barcelona Futebol Clube é uma agremiação esportiva da cidade de Ilhéus, no estado da Bahia, fundada em 17 de setembro de 2019. Filiou-se na Federação Baiana de Futebol em 22 de Outubro de 2019. O clube-empresa tem como CEO o empresário Weliton Nascimento.

Fez sua estreia profissional na Segunda Divisão do Campeonato Baiano em 2020, Acabou ficando fora da fase final, ocupando o quinto lugar.

Em agosto de 2021, o Barcelona se sagrou campeão da Segunda Divisão, após ter vencido o Botafogo Bonfinense por 3 a 0. Com o título, garantiu a única vaga de acesso para a Primeira Divisão de 2022.

Barcelona de Ilhéus é campeão da Série B e vai estrear na elite do Baianão

BARCELONA DE ILHÉUS CAMPEÃO BAIANO/ 2021

Em sua estreia na Série A de 2022, o time conquistou a façanha de ficar em 4º lugar entre clubes tradicionais e, por pouco não sendo finalista do Baianão. Já em 2023 mesmo se mantendo na série de elite, despencou para um 7º sem glamour. O próprio Weliton Nascimento admite que pecou na formação de sua comissão técnica e, principalmente do elenco.

Neste último sábado, 07, o Jornal do Radialista entrevistou o Manda-Chuva do Barcelona de Ilhéus. Sempre cauteloso e ético, evita criticas e busca sempre uma resposta objetiva. Vamos a entrevista.

JORNAL DO RADIALISTA: A experiência do elenco montado em 2023, pode ser repetida?

WELITON NASCIMENTO – A experiência será de outra forma. Não faremos outra parecida.

JORNAL DO RADIALISTA: Houve muitas críticas agora em 2023. Ninguém conhecia os atletas e o disse-me-disse com a comissão era a tônica internamente. Por que não cortou o mal pela raiz?

WELITON NASCIMENTO – Fizemos nossas opções, outros clubes fizeram as suas também. Queríamos uma experiência para ter um time com padrão. Se houvesse algo sério, cortaríamos pela raiz.

JORNAL DO RADIALISTA: Alguns desportistas em Ilhéus dizem que o clube enxuga gelo. Ou seja, participa por participar do campeonato baiano. Não implantou o programa sócio torcedor e, até hoje nunca revelou nenhum atleta. O que tem a dizer?

WELITON NASCIMENTO – Adoraríamos ter esse poder de revelar atletas. Disputamos todos os campeonatos oficiais de base utilizando profissionais da cidade. Sobre a possível pergunta de participar por participar evidente que discordamos. Sempre planejamos chegar longe e assim será.

JORNAL DO RADIALISTA: Explique esta questão financeira do clube para o torcedor. Como clube empresa todos os custos e despesas do campeonato, FBF, transferências, locação de imóvel, colaboradores, salários e rescisões de atletas são deduzidos do IR, existe o amparo tributário?

WELITON NASCIMENTO – Zero dedução de impostos, quem diz isso é totalmente leigo. Única receita da Serie A é a cota de tv, perto de R$ 180.000,00 e, ajuda parcial na arbitragem.

JORNAL DO RADIALISTA: Ter um clube de futebol é vaidade ou excesso de dinheiro na conta da empresa patrocinadora máster, a Adilis?

WELITON NASCIMENTO: O clube surgiu de trabalhos voluntários, dedicação e esforços para a combater a Covid (naquele momento). Ter recursos definidos é um orgulho para a instituição, algo que deveria ter nos outros clubes. Esse debate me parece ingênuo, clube de verdade precisa ter sua independência. E, se outras formas de receitas não foram lançados, é porque avaliamos e vimos que não são para o momento ainda. Um programa para controlar os cadastros de sócio custa caro, e sinceramente, temos pouco potencial para ter um programa desse e não ter nada para oferecer ao torcedor. Estamos planejando formas de receitas.

JORNAL DO RADIALISTA: De 2019 data da fundação do clube, qual foi a sua maior decepção e o que mais lhe dá motivos para continuar?

WELITON NASCIMENTO – Não vimos nenhuma decepção. Fomos campeões com 1 ano de existência, 4º lugar no primeiro ano na série A, continuamos garantidos para a série da elite em 2024, estamos aprendendo.

JORNAL DO RADIALISTA: O que você mudaria no regulamento do Campeonato Baiano para 2024?

WELITON NASCIMENTO – Talvez pontos corridos.

JORNAL DO RADIALISTA: A parceria com Renato Peixoto deu até agora estabilidade no sub 20, pretende estender a parceria para sub 15 e 17?

WELITON NASCIMENTO – É um candidato sim.

JORNAL DO RADIALISTA:  Que tanta baixa no Sub-20, quais as insatisfações dos ex-colaboradores? Muita gente saindo e tecendo comentários até injustos. O que está ocorrendo?

WELITON NASCIMENTO – Todo clube é uma empresa e paga suas obrigações em dia. É normal gente entrar e sair pessoas. Umas 2 ou 3 pessoas pediram demissão, inclusive elas tiveram total chances de mostrar resultados ao assumirem seus cargos. Insatisfação talvez maior seja do clube que investiu salário em dia e até hoje as metas esperadas nunca foram cumpridas. Mas somos gratos a todos eles, em especial quem esteve conosco desde o inicio. Esse é um movimento normal. Mas não esperem que todos sejam festejados porque ganhou isso ou aquilo, estão no clube pra render e não ficar esperando tapinha nas costas.

“(…) Insatisfação talvez maior seja do clube que investiu salário em dia e até hoje as metas esperadas nunca foram cumpridas.  (…)”.

JORNAL DO RADIALISTA:  Ao final do certame profissional deste ano, pouco se divulgou o Barcelona. No Sub-20 continua a mesma deficiência, as notícias não chegam. Quem é responsável pela divulgação?

WELITON NASCIMENTO: Não existem tantas noticias assim para divulgar. Quando elas são realmente importantes nós soltamos comunicados e atualizamos as redes sociais e sites.

JORNAL DO RADIALISTA: O CT  do Barcelona que seria construído na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, em que pé está? O imóvel seria para a Liga ou o Clube-empresa? Esfriou o projeto?

WELITON NASCIMENTO: O assunto está na pauta sim, buscando um local viável, pois já investimos muito no outro local e parece inviável do ponto de vista de engenharia. Temos outros planos em andamento. Mas, o orçamento para qualquer coisa dessa natureza é sempre muito alto.

JORNAL DO RADIALISTA: Qual a sua relação com o Prefeito Mário Alexandre?

WELITON NASCIMENTO – Excelente, ele tomou a frente na reta final do estádio, assim como fez o secretario Dócio (Átila).

JORNAL DO RADIALISTA: Em que hipótese o Barcelona pode ser retirado de Ilhéus trocando sua sede?
WELITON NASCIMENTO – Nenhuma hipótese. Ao menos isso nunca existiu em nosso retrovisor.

JORNAL DO RADIALISTA: Obrigado Weliton.

WELITON NASCIMENTO – Obrigado meu amigo Elias Reis, sempre a disposição.

 

OBSERVAÇÃO

A reprodução desta matéria é autorizada desde que contenha a fonte, JORNAL DO RADIALISTA.