Nesta quinta-feira, dia 21 de dezembro, o presidente do Colo Colo de Futebol e Regatas, Raimundo Borges e; Elias Reis, procurador do grupo Arezza Adilis – gestora do Clube, estarão viajando a Salvador para participarem do Arbitral da FBF, que acontece no dia seguinte, sexta-feira, no Palácio dos Esportes, sede da entidade maior do futebol baiano.

Nesta reunião estarão reunidos o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues,  com gestores e representantes das equipes que disputarão a segunda divisão do Campeonato Baiano 2018. Na sede da entidade, os dirigentes definirão a fórmula de disputa da competição, ainda sem data definida para começar.  “Considerando o início do campeonato baiano da primeira divisão; copa nordeste, copa Brasil, copa do mundo e até mesmo os serviços de manutenções ainda sequer iniciadas em quase todos os estádio dos clubes que disputarão a 2ª divisão, nossa proposta é dilatar o início do campeonato para a segunda quinzena de março ou início de abril, no mínimo” ressalta Elias Reis.

No arbitral também serão debatidas pautas para futuros acertos no regulamento do campeonato, bem como o  preço mínimo dos ingressos para as partidas e possibilidade de promoções a critério do time mandante. Já os dias e horários dos jogos deverão ser escolhidos por cada clube. “Com relação aos jogos do Colo Colo no Mário Pessoa, ainda não temos nada definido, se aos sábados ou domingos”, explicou Elias Reis numa emissora da capital.

Um outro ponto que deve ser levantado pelo Colo Colo, segundo Elias Reis, é o quesito apoio da FBF no tocante a visibilidade do certame e retorno financeiro das Tvs e publicidades ao redor do gramado.

PENEIRA

Na segunda-feira, quando do seu retorno de Salvador, Elias Reis estará organizando todos os preparativos para a segunda fase da seletiva do Colo Colo, que acontece no estádio Mário Pessoa dia 30/12, a partir das 8 horas da manhã. “Queremos aproveitar 20 atletas e tentar aproveitar para treinar forte e tentar aproveitar alguns deles no profissional e começar a identificar após 15 de janeiro de 2018 mais 10 atletas experientes”, informa o principal executivo da Arezza Adilis, Weliton Nascimento.

Fonte: www.jornaldoradialista.com.br