A Deputada Estadual Soane Galvão (PSB), protocolou na Assembleia Legislativa da Bahia, um projeto de lei que estabelece a obrigatoriedade às empresas públicas e privadas baianas de instalarem em suas sedes salas adaptadas para mulheres em fase de amamentação. A sala de apoio à amamentação será destinada à retirada e ao armazenamento de leite materno durante o horário de expediente.

De acordo com Soane Galvão, a criação de uma Sala de Apoio à Amamentação Materna nas empresas é uma medida fundamental para promover a saúde e o bem-estar das mães e seus bebês, garantindo condições adequadas para a prática da amamentação e o armazenamento do leite materno.

De acordo com a parlamentar, o aleitamento materno é um direito fundamental da mãe e da criança, reconhecido internacionalmente como uma das melhores formas de garantir a saúde e o desenvolvimento saudável dos bebês.

“O leite materno é um forte aliado na luta contra a mortalidade infantil porque possui nutrientes necessários para que a criança cresça com saúde e protegida contra problemas bastantes comuns nos primeiros anos de vida, como diarreia, alergias, doenças respiratórias, infecções e vários outros tipos de intercorrências.

No entanto, muitas mães que retornam ao trabalho enfrentam dificuldades para conciliar a amamentação com suas atividades profissionais. “A falta de espaços adequados e apropriados para amamentação e extração de leite materno nas empresas são obstáculos que comprometem a continuidade da amamentação e podem levar ao desmame precoce”, concluiu a parlamentar.