Equipes da Prefeitura de Ilhéus resgataram um casal de idosos que ficou preso em uma residência alagada devido às chuvas intensas que atingiram a cidade nesta sexta-feira (21). A ocorrência foi registrada na Rua Esperanto Perolato, no bairro Esperança. O Município segue com diversas frentes de trabalho para mitigar os danos causados pelos temporais.

A cidade registrou 180 milímetros em apenas sete horas. “Começou todo esse transtorno por volta das 4 horas da manhã. Quando ouvimos o deslizamento de terra ficamos assustados, mas graças a Deus não houve vítimas. Quero aproveitar para agradecer à equipe da Prefeitura, porque quando fizemos o contato, prontamente o pessoal veio com máquina e caçamba para remover o barro que estava em sério risco de desmoronar nas casas. Graças a Deus estamos todos bem, salvos, porque o bem mais precioso que temos é a vida, o restante, bens materiais, a gente consegue”, disse Rogério Gonçalves, genro do casal de idosos.

sos chuvas; resgate de idosos

O trabalho é realizado com apoio do Corpo de Bombeiros Militar e Civil. Neste momento, a ação emergencial segue no Centro, Teotônio Vilela, Avenida Esperança, Nossa Senhora da Vitória, Basílio, Malhado, Conquista, Princesa Isabel, Rua Esperanto Perolato, Rua Ouro Verde, Vila Queiroz e áreas circunvizinhas.

Presente na ação, o vice-prefeito Bebeto Galvão informou que a gestão intensificou os serviços para acolher a população mais vulnerável.

“O prefeito Mário Alexandre estabeleceu que o comitê de crise atuasse rapidamente para proteger a nossa população. Nós estamos na Avenida Princesa Isabel, no Nelson Costa, na Rua do Cano, estamos nos altos, e em toda cidade para socorrer aos que mais necessitam. Foram 180 milímetros concentrados em um único dia. Ninguém pode deter a força da natureza, mas nós podemos mitigar os efeitos danosos que a chuva causou e é isso que estamos fazendo”.

sos chuvas; resgate de idosos

A Prefeitura orienta os moradores que se mantenham atentos, observando indícios como desagregação de solos em encostas, sinais sonoros, fissuras e rachaduras em imóveis.

A Central da Defesa Civil está recebendo grande quantidade de ligações, o que tem ocasionado instabilidade no serviço. Contudo, em caso de emergência, a população deve acionar o órgão pelo telefone: (73) 97400-7521.

sos chuvas; resgate de idosos

por Jéssica Alves, Sucom