As Forças Armadas aprovaram pregões para comprar 35.320 comprimidos de Viagra, remédio usado tipicamente para tratar disfunção erétil. Desde 2020, foram oito processos de compra aprovados.

Os dados são do portal da Transparência e do painel de preços do governo. O deputado Elias Vaz (PSB-GO) foi quem os compilou.

Nos processos de compra, o medicamento aparece com o nome genérico Sildenafila. A maior parte deles é destinado à Marinha, com mais de 28 mil comprimidos; o Exército aparece com 5 mil comprimidos e a Aeronáutica com 2 mil.

O deputado Vaz pediu esclarecimentos ao Ministério da Defesa para entender o intuito da aquisição, porém não obteve resposta.

fonte Rádio Metropoles/SALVADOR.