O primeiro dia da 18ª edição da Bahia Farm Show, maior vitrine do agronegócio do norte/nordeste e uma das maiores feiras do Brasil em volume de negócios, movimentou Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano, nesta terça-feira (11). Até sábado (15), diversas oportunidades serão oferecidas por empresas privadas e órgãos públicos, incluindo a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri) e a Desenbahia.

O governador Jerônimo Rodrigues visitou a feira e reforçou a importância da junção de esforços em benefício do setor e da Bahia. O evento é organizado pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com o apoio da Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa), Fundação Bahia e Assomiba.

Fotos: Feijão Almeida/GOVBA

“Uma semana de evento, de comercialização, de divulgação, de tecnologia, de extensão. Eu quero parabenizar a Aiba, quero parabenizar a Abapa também, que promoveu algumas agendas aqui e percorri toda a feira, vi a quantidade de expositores e a sua qualidade, de tecnologias, de banco, de produtos e vejo que realmente, a cada ano, a Bahia Farm Show se credencia como um espaço de negócios, de tecnologia”, destacou o governador.

Jerônimo visitou o stand da agricultura familiar, montado pela Secretaria SDR, que levou para a Bahia Farm Show produtos de diversos territórios de identidade baianos, como os queijos produzidos em Santana. Secretária de agricultura do município, Luciene dos Santos comandou um box representando todos os produtos da Bacia do Rio Corrente e, principalmente, de Santana, mostrando a produção de iogurte, queijos, mel e rapadura. “A gente tem vários produtos. Aqui é só o mínimo que a gente pode trazer para expor. É a primeira vez que a gente participa, né? Com muita alegria, muito entusiasmo porque é a maior feira do oeste da Bahia. E a gente está aqui com muito entusiasmo porque essa feira vai alavancar nosso produto”, garantiu.

Fotos: Feijão Almeida/GOVBA

Entregas e assinaturas

Além de visitar diversos expositores, o Jerônimo esteve nos stands do Governo e entregou cinco veículos da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) para fiscalização.

Fotos: Feijão Almeida/GOVBA

A Desenbahia, que está presente na feira mobilizando ampla equipe técnica, composta de analistas de crédito, analistas de cadastro e gerentes de desenvolvimento, buscando agilizar os negócios captados durante o evento. Serão disponibilizadas linhas de financiamento para investimentos em aumento da produção, modernização das instalações, compra de máquinas e equipamentos, inclusive importados. Podem solicitar crédito os produtores rurais, tanto pessoa física, quanto jurídica.

O governador também autorizou a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) a publicar edital de licitação para recuperação da BA- 592/estrada da linha da produção, no trecho do entroncamento da BR-349 – do Km 0 ao KM 12- e km 37 ao km 509, trecho de Jaborandi. O investimento é da ordem de R$ 25.900.513,51.

Pedra Fundamental

O governador participou do lançamento da Pedra Fundamental da nova sede e Centro de Análise de Fibras da Abapa, dentro do Complexo Bahia Farm Show. Com previsão de conclusão dos serviços para o final de outubro de 2024, o novo laboratório possibilitará o aumento da capacidade de classificação da fibra dos produtores associados da entidade.

Plano ABC+ Bahia

Durante a passagem pela Bahia Farm Show, o Governo do Estado lançou a segunda etapa do Plano ABC+ Bahia. Executado pela Seagri, o plano de agricultura de baixa emissão de carbono será executado a partir da experiência da primeira fase, ocorrida entre 2010 e 2020, quando foi possível realizar atualizações e mensurar novas metas até 2030. Trata-se de uma iniciativa estratégica do Governo da Bahia, em articulação com instituições do setor público e privado.

O plano incentiva os produtores a adotarem práticas sustentáveis que reduzam a emissão de gases de efeito estufa, aumentando a produtividade e conservando os recursos naturais com tecnologias sustentáveis, como plantio direto, recuperação de pastagens degradadas e a integração lavoura-pecuária-floresta. O produtor cuida do meio ambiente e, ao mesmo tempo, garante a evolução do seu plantio e o crescimento da receita.

Mais visitas

Jerônimo aproveitou a passagem por Luís Eduardo Magalhães para visitar a Fazenda Captar West Bahia Farm, onde inaugurou o Parque Solar da empresa, conheceu a Captar Confinamentos, a fábrica de ração, currais de confinamento de 50 mil bois; e o prédio administrativo, no qual foi apresentado ao governador o projeto de expansão da Captar Confinamentos e do Frigorífico Exportador de Carne Bovina.

Fotos: Feijão Almeida/GOVBA

Sobre a Bahia Farm Show

A Bahia Farm Show ocupa uma área de 246 mil metros quadrados e abriga 434 empresas expondo produtos e serviços voltados para a área agrícola, como máquinas, implementos e tecnologias, incluindo sementes, adubos, irrigação, aviação e comunicação. O evento conta também com espaço de food trucks, restaurantes, comercialização de produtos, leilão de gado e uma programação de palestras e treinamentos.

“Nós saímos nos últimos três anos de 220 expositores para 437. Saímos de 145 mil metros para 275, um avanço muito grande, num crescimento estrondoso da Bahia Farm Show”, destacou o presidente da Aiba, Odacil Ranzi. Os patrocinadores do evento são Banco Original, Banco do Nordeste, Bradesco, Desenbahia, Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães, Santander, Sicredi e Sicoob, Senar/Faeb e WP Agro Empresarial.

Réporter: Lina Magalí/GOVBA