Os ministros das Comunicações e de Minas e Energia assinaram nesta última terça-feira (26), uma portaria com regras para organizar os fios nos postes das cidades brasileiras.

A medida cria o Programa Nacional de Compartilhamento de Postes, ou “programa Poste Legal”, para que os cabos e equipamentos sejam instalados de forma a reduzir o risco para a população e minimizar o “impacto visual” dos emaranhados de cabos.

O problema foi tema no Jornal Metropole da última semana, que mostrou as reclamações registradas contra a Neoenergia Coelba, distribuidora de energia na Bahia, e como os fios são a marca registrada nas paisagens de Salvador.

Após a portaria, uma regulamentação conjunta feita pela agências reguladoras de energia (Aneel) e telecomunicações (Anatel) será publicada com todas as regras que devem ser seguidas pelas empresas.

 

METRO1