Famílias da Zona Norte já estão fora de suas casas e comunidades rurais como Apauti necessitam de água potável.
As chuvas nas cabeceiras do Rio Salgado, Rio Cachoeira, Rio Almada e Rio Colônia impacta Ilhéus com a chegada de muito lixo também. 1 máquina da Prefeitura está na Praia da Avenida mas o volume é imenso.
Pescadores da Colônia de Pesca Z-19 do pontal estão sem poder pescar, e já causa prejuízos econômicos à pesca artesanal e ao turismo, já que as praias estão impraticáveis para banho. Barcos que se arriscaram tiverem leme quebrado pelos galhos, conforme informação do presidente Léo da Z-19.
O Gap realizará Mutirão de Limpeza neste sábado, 03/12 com a ONG internacional Sea Shepherd e pesquisadores da USP, concentração na Catedral de São Sebastião às 08:00.
” O Brasil precisa conhecer os graves impactos ambientais que Ilhéus sofre com a crise climática, a Praia da Avenida é desova de tartarugas marinhas e hoje está um cenário de guerra, lixo na zona urbana é um passo para dengue, zika e outras arboviroses”, alerta Gabriel Macedo presidente do GAP.
A sede do GAP fica na Catedral de São Sebastião, sala lateral, telefones de contato 073-322340881 e Whatsapp 073-988501323.