A Basílica Santuário Nosso Senhor Bom Jesus do Bonfim, estará em festa neste domingo (07/07), por ocasião da celebração dos 270 anos de sua inauguração, completos no último dia 24 de junho. A data será marcada por uma programação que engloba hasteamento de bandeiras, homenagens e a realização de uma Santa Missa às 07h30, presidida pelo arcebispo da Arquidiocese de São Salvador da Bahia e Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sergio da Rocha.

De acordo com o Juiz da Devoção do Nosso Senhor Bom Jesus do Bonfim, Fernando Moreira, será um dia importante para a instituição mantenedora do templo religioso. “Nós estamos em festa! A entrega desta igreja feita pela Irmandade do Senhor do Bonfim, junto com a comunidade há 270 anos, é uma grande alegria e satisfação porque ela pertence a todos os brasileiros. Sabemos que a grande inauguração foi no dia 24 de junho, mas estamos comemorando no dia 7 devido às festividades juninas.”, disse.

A Igreja do Bonfim foi inaugurada em 1754, nove anos após a chegada das imagens do Senhor do Bonfim e Nossa Senhora da Guia na Bahia. Este fato relacionado ao templo religioso que foi elevado ao título de “Basílica Menor” pelo Papa Pio XI em 1927, aconteceu mediante o pagamento da promessa feita pelo capitão-de-mar-e-guerra da Marinha Portuguesa, Theodosio Rodrigues de Faria, que se sobrevivesse à uma tempestade vindo para o Brasil, traria ao país a devoção dos títulos direcionados a Jesus Cristo e à Virgem Maria.

Na oportunidade padre Edson Menezes, reitor da Basílica Santuário Nosso Senhor Bom Jesus do Bonfim, pontua que os 270 anos da Igreja foram recordados nos festejos em honra ao Senhor do Bonfim em 2024. “Iniciamos as comemorações na festa do Senhor do Bonfim no mês de janeiro, agora estaremos celebrando a missa em ação de graças, quando iremos agradecer pelos benefícios espirituais deste lugar onde experimentamos a misericórdia de Deus recebendo o abraço do Nosso Senhor do Bonfim.”, frizou.

Um dia de festa e homenagens

O dia 7 de julho, na Colina Sagrada, também será marcado pela entrega da Comenda da Ordem do Mérito do Senhor do Bonfim — maior honraria da Devoção do Nosso Senhor Bom Jesus do Bonfim —, no grau de comendador, ao Cardeal Dom Sergio da Rocha e “in memoriam” a Santa Dulce dos Pobres.

De acordo com o Juiz da Devoção, a escolha dos homenageados se deu pelos trabalhos exercidos no caráter de fé e social em prol do povo baiano e brasileiro. “Essa homenagem ao Cardeal se configura a partir do seu exemplo de dedicação à Igreja Católica Apostólica Romana através de suas inúmeras atividades. Sendo um devoto do Senhor Bom Jesus do Bonfim e de Nossa Senhora da Guia, sempre firme no propósito da divulgação dos ensinamentos da Santa Igreja, assim como o amor à Nossa Senhora, Maria Santíssima.”, revelou.

Fernando Moreira também destacou que a concessão da Comenda “in memoriam” a Santa Dulce dos Pobres será perpetuada nos registros da Mantenedora da Basílica do Nosso Senhor Bom Jesus do Bonfim. “Santa Dulce dos Pobres, a primeira santa brasileira, teve a vida inteiramente dedicada em fazer o bem aos mais carentes. Seu trabalho segue vivo, como por exemplo as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), possuindo uma grande relevância para a sociedade brasileira. Este acontecimento será perpetuado nos registros históricos da Devoção pela dedicação e empenho do nosso Anjo Bom da Bahia.”.

Confira a programação para o dia 7 de julho:

  • 06h45: Cortejo devocional dos irmãos e irmãs da sede da Irmandade até o Largo do Bonfim (espaço do mastro das bandeiras), onde acontecerá o hasteamento das bandeiras do Vaticano (erguida por Dom Sergio da Rocha) e da Devoção do Nosso Senhor Bom Jesus do Bonfim (erguida pelo Juiz da Devoção, Fernando Moreira), mediante o toque do Hino do Senhor do Bonfim.

  • 06h50: Queima de fogos
  • 07h: Cortejo devocional do Largo do Bonfim (espaço do mastro das bandeiras) até o adro da Basílica Santuário Ns. Senhor do Bonfim
  • 07h30: Início da Santa Missa Solene

Antes da bênção final, haverá a cerimônia de concessão da Comenda do Senhor do Bonfim ao Cardeal Arcebispo Dom Sergio da Rocha e “in memoriam” a Santa Dulce dos Pobres.

  • 08h40: Cortejo processional da Basílica Santuário Nosso Senhor do Bonfim até a sede da Irmandade acompanhados por uma banda de música.
  • 08h45: Queima de fogos.