O valor dos impostos pagos pelos brasileiros desde o primeiro dia deste ano atingiu a marca de R$ 100 bilhões no fim da tarde desta quinta-feira (14), segundo o Impostômetro da ACSP (Associação Comercial de São Paulo).

O valor representa o total de tributos destinados ao governo federal, aos Estados e aos municípios. O montante foi atingido um dia mais cedo que em 2014.

A soma seria suficiente para construir mais de 3 milhões de casas populares, contratar quase 8 milhões de professores do ensino fundamental por ano, e fornecer cesta básica para toda a população brasileira por dois meses, segundo cálculos da ACSP.

“O que se espera é que o governo consiga equilibrar suas contas, ao contrário do que ocorreu nos últimos dois anos, e com isso não precise reintroduzir uma CPMF, que é um imposto ruim”, afirma Alencar Burti, presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo).