https://drive.google.com/file/d/1xEZ79e0Al5HKxkLMYkcYWA6RCs7PQtlk/view?usp=sharing

Eudaldo Monção Jr. (Canô) e Carolina Arredondo Marzán (Ministra das Culturas, Artes e do Patrimônio do Chile), no  Museu Nacional de Belas Artes, durante o MICSUL em Santiago do Chile. (Fotografía: Mario Ruiz / Ministerio de las Culturas, las Artes y el Patrimonio)

A empresa audiovisual Memorabilia Filmes & Produções Culturais, atuante em Nazaré/BA, integra a delegação de brasileiros convidada pela  Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), para participação no Mercado de Indústrias Culturais do Sul (MICSUL). A OEI valoriza a oportunidade de contribuir com o MICSUL, um evento que contribui de forma positiva para a cooperação cultural, a troca e a reciprocidade dentro do espaço cultural ibero-americano, agindo como um catalisador para o conhecimento mútuo, a troca e o fortalecimento das indústrias culturais e criativas entre os países ibero-americanos.

Memorabilia Filmes e Produções Culturais, representado por Eudaldo Monção Jr (Canô), atua como programador cultural do setor do audiovisual, patrimônio, artesanato, artes visuais, e artes integradas e busca através das rodadas de negócios do evento, proporcionar o intercâmbio de projetos internacionais, para que possam ser executados em NAzaré e no território do recôncavo, além de outras cidades brasileiras, através da programação de filmes de curtas-metragens, em diversos espaços culturais e televisões públicas do país. O agente cultural busca também atrair projetos de outras linguagens artísticas para serem executados no território, através do intercâmbio e da cooperação cultural de agentes de fora da região.

https://drive.google.com/file/d/16Sfavh56FNYz0fq-6XCspL-ayAddXbfk/view?usp=sharing

Abertura do MICSUL 2024 no Museu de Arte Contemporânea de Santiago (Fotografia: Mario Ruiz / Ministerio de las Culturas, las Artes y el Patrimonio).

O MICSUL é um espaço para a troca de produtos e serviços culturais da América do Sul, onde se realizam rodadas de negócios, são disponibilizados estandes, realizam-se showcases, desfiles e seminários voltados para a integração comercial das nações sul-americanas. Além disso, em sua dimensão de feira, conta com a participação de delegações de compradores e vendedores do setor, incluindo compradores internacionais.

https://drive.google.com/file/d/1q7-d7_CV8aSkOgACDxzme1-VljsP17nG/view?usp=sharing

Eudaldo Monção Jr. (Memorabilia Filmes & Produções Culturais) e equipe do projeto (Som do sisal) durante a rodada de negócios do MICSUL 2024.

A Bahia está muito bem representada no Mercado de Indústrias Culturais do Sul (MICSUL), além de Eudaldo Monção Jr. (Memorabilia Filmes e produções culturais), as rodadas de negócios do evento, possibilitou o encontro do programador, com ofertantes culturais atuantes no Estado, como o projeto (Som do sisal) e o empreendimento (Exatamente Soluções Educacionais).

https://drive.google.com/file/d/1Wl1NQf2LKbazHmDug61vk2OO7R0A5SOT/view?usp=sharing

Eudaldo Monção Jr. (Memorabilia Filmes & Produções Culturais) e equipe do empreendimento (Exatamente Soluções Educacionais) durante a rodada de negócios do MICSUL 2024.

Criado com o intuito de promover intercâmbio de conhecimento, produtos e serviços culturais e criativos, o Micsul é uma iniciativa dos Ministérios da Cultura de 10 países da América do Sul: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Peru, Paraguai, Uruguai e Venezuela. Esta experiência e as políticas derivadas dela serviram de modelo para consolidar um ecossistema cultural que transcende fronteiras e encontra um espaço regional nos mercados nacionais que se desenvolveram nos últimos anos, como o Mercado Chile Economias Criativas (CHEC), o Mercado de Indústrias Criativas e Culturais do Uruguai (MICUY), o Mercado de Indústrias Criativas Argentinas (MICA) e o Mercado das Indústrias Culturais do Brasil (MicBR).