O PMB repudia veementemente o ato de violência praticado contra uma mulher em nossa cidade pelo seu ex companheiro, o vídeo que circulou pelas redes sociais mostrar o agressor deferindo vários golpes no rosto da vítima. Pedimos resposta da justiça, para que o agressor venha ser punido sob acusação de crime previsto na Lei Maria da Penha. Esse ato de brutalidade e desrespeito ao ser humano, em especial à mulher, atinge a toda a sociedade, devendo ser repudiado e combatido com a aplicação de pena ao agressor e a garantia da proteção à vítima. O PMB se coloca à disposição da vítima para o que for necessário. Lutamos para que toda agressão contra a mulher seja punida exemplarmente nos termos da lei e nos solidarizamos com todas as vítimas.

Ilhéus, 14 de outubro de 2020.
Fabíola Gil
Presidente do PMB
Partido da Mulher brasileira