Foi deflagrada, nesta segunda-feira (19), a Operação Mata Atlântica em Pé, voltada a combater o desmatamento e a recuperar áreas degradadas do bioma no país. A iniciativa ocorre simultaneamente nos 17 estados da Federação abrangidos por esse tipo de ecossistema, com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), outros MPs e órgãos ambientais.

Na Bahia, o Inema atuará nas cidades de Itacaré, Uruçuca e Ilhéus. No início deste mês, o órgão já desenvolveu a operação ‘Mata Adentro’, para a proteção do Bioma Mata Atlântica, com ações em cidades das regiões Oeste e Sudoeste. Também serão fiscalizadas as regiões da Costa do Descobrimento e Costa das Baleias. Estão sendo fiscalizados desmatamentos recém-ocorridos, usando as mais recentes imagens de satélite disponíveis.

As ações de fiscalização seguem até o dia 30 de setembro, quando serão contabilizadas as áreas vistoriadas e as infrações identificadas. Uma vez constatados os ilícitos ambientais, os responsáveis são autuados e podem responder judicialmente – nas esferas cível e criminal – além das sanções administrativas relacionadas aos registros das propriedades rurais.

Dados da edição mais recente do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, publicado em maio deste ano, mostram um aumento de 66% de redução do bioma em relação ao ano anterior.