_“Queria morar na Ilhéus que a comunicação da prefeitura mostra!”_
Nestes últimos dias, um ataque constante que a gestão Mário Alexandre vem sofrendo é a de que a comunicação da Prefeitura mostra uma Ilhéus que não existe. Falaram até que é apresentada uma “Disneylândia”, sugerindo que os canais de comunicação do executivo pintam uma cidade de fantasia.
O assunto tomou tamanha proporção que virou pauta da imprensa na recente coletiva à imprensa que o PSD realizou, para lançamento da pré-candidatura de Bento Lima à Prefeitura de Ilhéus. Na ocasião, o prefeito e presidente do PSD/Ilhéus, Mário Alexandre, reconheceu a importância do papel exercido pela sua comunicação, elogiando nominalmente o atual superintendente de comunicação, o professor Emenson Silva, representando toda a sua equipe.
Mas a discussão aqui vai além. A função de uma comunicação institucional é retratar e tornar público os feitos da instituição. É muito fácil descobrir se aquilo mostrado é verdadeiro ou não. Basta, ao invés de ficar no conforto dos estúdios de podcasts e rádios ou atrás das telas e páginas de blogs e perfis engraçadinhos de Instagram, ir às ruas, botar a sola do sapato para trabalhar e visitar essa “Disneylândia”. Que de fato melhorou e muito, não estamos na Ilhéus da Disney mais construindo uma Ilhéus bem melhor com desafios e acertos.
Quando se mostra uma rua sendo pavimentada, é porque o asfalto chegou ali. Coisa que todos os políticos que passaram pela Prefeitura de Ilhéus tiveram oportunidade de fazer e ignoraram. Agora, que culpa tem a gestão que trabalha, se antigos mandatários só pensavam em itens eróticos e outras festas com dinheiro público? Como instalações de uma boate Particular no espaço público na Avenida Soares Lopes, compra e vendas de imóveis do prefeito pagos por ele mesmo, ou seja, o “dono” vendendo e comprando seu próprio imóvel com valores altíssimos (caso Carandiru) e ainda não podemos esquecer da compra de calcinhas de “oncinhas” com dinheiro público.
A comunicação da Prefeitura de Ilhéus mostra muita coisa bonita, sim, mas mais que tudo, mostra o sorriso do povo, mostra uma população que, como a deputada Soane vem dizendo, “dormia com os pés na lama e hoje pisam em ruas pavimentadas”. Um povo que pode produzir com tranquilidade, pois sabe que vai ter para quem vender a sua produção. Um povo que pode subir e descer, ter acesso às suas casas, lá nos Altos ilheenses, devido às escadarias que podiam ter sido feitas a dez, vinte, trinta anos. Por todos os políticos que sentaram na cadeira de prefeito de Ilhéus, mas que, ao invés de trabalhar pelo povo, preferiram ser destaque no Fantástico.
Ilhéus é grande pelo seu povo e Ilhéus tem se tornado um lugar muito melhor para viver e é essa Ilhéus que era sonho para muitos e hoje se torna realidade, que a comunicação da prefeitura mostra e continuará mostrando. O que é “Disneylândia” para uns, é um projeto de governo sólido e comprometido para quem ama Ilhéus de verdade.