O prefeito Mário Alexandre sancionou três novas leis na última quarta-feira (24). Com a presença de vereadores que propuseram os projetos, o gestor assinou as medidas para atender as demandas da população, que segundo ele, também reforçam o diálogo com os representantes do legislativo ilheense. A primeira delas é a Lei nº 4.134/2021, que cria a categoria de coveiro no quadro permanente de servidores públicos em âmbito municipal. O projeto é de autoria do vereador Paulo Carqueija e garante aos colaboradores o reconhecimento do trabalho realizado nos 22 cemitérios da cidade.

“Quero agradecer a cada um aqui presente e também aos que não puderam comparecer. Fico feliz em sentir e ver o reconhecimento do trabalho realizado. Louvo a Deus em primeiro lugar e à nossa equipe por todo o empenho. A profissão que exercem é uma das mais difíceis, por isso vamos continuar lutando para valorizar e oferecer condições dignas de trabalho aos nossos servidores”, afirmou Mário Alexandre.

Servidora pública há 38 anos, Maria de Lourdes dos Santos, a Lurdinha, destacou que a sanção da lei é resultado do apoio que a atual gestão tem dado aos profissionais, em especial, aos servidores que desempenham a função. “Em nome de todos aqui presentes, agradeço ao prefeito Mário Alexandre por toda a valorização que tem dado a nós. Não é demagogia. Hoje, os coveiros são reconhecidos. Obrigada prefeito, obrigada secretária Soane Galvão”.

Sanção de Leis - PMI foto Clodoaldo Ribeiro

Na ocasião, o prefeito sancionou a Lei nº 4.128/2021, que dispõe sobre o funcionamento de semáforos no período compreendido entre 23h e 5h em Ilhéus. O projeto é de autoria da vereadora Ivete Maria. Outra sanção foi da Lei nº 4.138/2021, de autoria do vereador César Porto, que denomina Quadra Néo Bastos o equipamento esportivo localizado às margens da BA-001 (Rodovia Ilhéus-Olivença).

Além disso, foi apresentado projeto de lei que autoriza o Município a proceder doação de imóvel público ao Aeroclube de Ilhéus. “A nossa luta é de anos. Entra governo, sai governo e nada. De Mário Pessoa para Mário Alexandre, 80 anos depois, podemos contar com a sua sensibilidade. Muito obrigado”, frisou Lauro Calazans, presidente da escola de aviação da cidade.

Sanção de Leis

“Desejo que daqui a 80 anos, a exemplo de Mário Pessoa, também recordem do prefeito Mário Alexandre, que deu continuidade ao sonho de vocês. Teremos tantos outros sonhos realizados. O Aeroclube significa para mim a história de Ilhéus. Agradeço de coração o carinho de todos. Contem comigo”, finalizou o gestor municipal.

O ato solene aconteceu no gabinete do Centro Administrativo da Conquista, com a presença de servidores e representantes do governo.  “Foi muito importante a assinatura do prefeito, reconhecendo o funcionário pelo trabalho que faz. É uma vitória para nós”, ressaltou Bruno Alexandre, coveiro do Cemitério de Olivença.