A Prefeitura de Ilhéus segue mobilizada para prestar assistência às vítimas das fortes chuvas que atingiram o município na última sexta-feira (21). A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (SPS) apurou até o momento o total de 229 pessoas afetadas, sendo 49 famílias desalojadas e 7 desabrigadas. Contudo, os números podem aumentar à medida que as equipes atendem as ocorrências.

As famílias residem nos seguintes locais: Alto do Coqueiro, Alto Legião, Alto do Socorro, Rua Esperanto Perolato (Rua do Cano), Alto do Amparo, Alto Soledade, Princesa Isabel, Basílio, Rua Ouro Verde e Banco da Vitória. Até o momento, foram entregues 96 colchões e 80 cestas básicas nessas localidades.

Os desabrigados estão distribuídos na Escola Pequeno Davi e no Anexo da Escola Nova Jerusalém, destinados para esse fim, enquanto que os desalojados são acolhidos por parentes ou amigos. Não houve registro de óbito nem atendimento de urgência e emergência relacionado às chuvas.

Da mesma forma, o Governo da Bahia já encaminhou caminhões carregados de ajuda humanitária, contendo água, colchões, cobertores e toneladas de alimentos, além de reforçar o efetivo do Corpo de Bombeiros Militar. O Estado também enviou lona para aplicação na cobertura das encostas.

A Defesa Civil e as secretarias municipais seguem envidando esforços para atender todos os pontos críticos na cidade e atualizar o número de pessoas atingidas ao longo do dia.

As secretarias de Infraestrutura e de Serviços Urbanos realizam limpeza dos canais, desobstrução de ruas e estradas, com recolhimento de lixo, entulhos e manutenção dos espaços públicos, bem como a retirada de árvores caídas nas vias.

Todas as unidades de saúde estão estruturadas para receber a população e já iniciaram o planejamento com foco nas ações para as próximas semanas, visto que muitas doenças surgem em períodos posteriores às chuvas, a exemplo da Hepatite e Leptospirose.

“Por determinação do prefeito Mário Alexandre atuamos em diversas frentes de trabalho. Junto aos demais órgãos de segurança e salvamento, as nossas equipes atendem as demandas para garantir suporte às famílias”, explicou Átila Docio, secretário de Infraestrutura.

A previsão é de 25 mm para as próximas 24 horas. O tempo deve permanecer chuvoso até o início de maio, todavia com menor volume pluviométrico.