Os impactos da pandemia de covid-19 sobre a população negra brasileira serão discutidos pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) às 9h da segunda-feira (12). O debate remoto foi requerido pelo presidente do colegiado, senador Humberto Costa (PT-PE), e será realizado em caráter interativo, com possibilidade de participação dos cidadãos.

O tema da audiência pública é “Nem fome, nem bala, nem covid: população negra em defesa do bem viver. Impactos da pandemia do novo coronavírus na população negra do Brasil, bem como a ausência de políticas públicas para o enfrentamento desta pandemia”.

Entre os convidados estão o coordenador-geral do Movimento Negro Unificado, Silas Félix, e representantes da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas; do Coletivo Nacional de Juventude Negra e do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos na Bahia.

Interatividade

Perguntas e comentários podem ser enviados por meio do Portal e‑Cidadania. As mensagens podem ser lidas e respondidas pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal e‑Cidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.

Como participar

O evento será interativo: os cidadãos podem enviar perguntas e comentários pelo Portal e‑Cidadania, que podem ser lidos e respondidos pelos senadores e debatedores ao vivo. O Senado oferece uma declaração de participação, que pode ser usada como hora de atividade complementar em curso universitário, por exemplo. O Portal e‑Cidadania também recebe a opinião dos cidadãos sobre os projetos em tramitação no Senado, além de sugestões para novas leis.

Morador de rua negro em São Paulo: audiência discutirá ausência de políticas públicas para o enfrentamento da pandemia

Fonte: Agência Senado