Colo Colo de Futebol e Regatas: Muita gente assediando o atual presidente Raimundo Borges. Muita gente sendo emprenhado pelos ouvidos. Muita gente ligando, muita gente pedindo reunião, muito urubu de olho na presidência do tigrão. O mandato de Raimundo Borges vai até dez/2019. Mas é possível que renuncie. É possível também que vá até ao final do mandato, ou não! Se Raimundo renunciar agora, assume o vice que terá que convocar eleição imediatamente. Se renunciar em agosto, quando terá cumprido 3/4 do seu mandato, o vice assume por definitivo até dez/2019. Numa assembléia também pode definir o destino do time numa provável eleição antecipada. TUDO É POSSÍVEL. O certo é que ninguém queria assumir o insolvente clube. Apareceu o empresário Weliton Nascimento….Agora todo mundo quer ser presidente. Muita gente inclusive passando zap para Weliton se oferecendo pra ajudar, pra ser diretor, ser presidente. Muita gente apresentando nomes a Weliton, muita gente falando bobagens, se mostrando entendidos do futebol. UFA!

1 – Queira ou não, quem manda ainda no Colo Colo é Raimundo, que aliás, tem o conselho deliberativo na mão.;

2 – Não adianta espertinhos usarem de má fé na tentativa de burlar o Estatuto,  que não vão conseguir;

3 – Já se sabe quem são os sócios do clube, portanto não adianta tentarem fazer qualquer armação. O www.jornaldoradialista.com.br  tem conhecimento de tudo, inclusive com documentação e poderá anular qualquer tentativa de malandragem pra cima do presidente, ou mesmo pra cima vice, Sr. Márcio do IBGE, que gostem ou não gostem é o vice de fato e de direito, com fulcro no art. 36 do Estatuto Social do Clube.

Qualquer deslize contra o clube; qualquer malandragem contra o Estatuto; pressão contra o presidente e o vice, seja financeiro e/ou político, com certeza não será tolerado. Podemos, se preciso, agitar judicialmente uma ação para anular qualquer ato ilegal, quiçá seja identificado.

O mal dos sabidinhos é pensar que os outros são idiotas. ESTAMOS DE OLHO!

Elias Reis, editor