(ILHÉUS) – O vereador e vice-presidente do Legislativo Ilheense, EDERJÚNIOR, protocolou proposição na Casa de Leis, propondo e solicitando estudo de viabilidade para Adesão à Politica Nacional à Saúde Auditiva.

Ministério da Saúde

PORTARIA Nº 2.073, DE 28 DE SETEMBRO DE 2004

Para o propositor, “o objetivo é melhorar a qualidade de vida da população local com qualquer deficiência auditiva, podendo o SUS oferecer tudo de forma gratuita, promovendo ações de prevenções, promoção e desenvolvimento. Tudo em conformidade com a CF, Leis Ordinárias e Portarias”, pontua Ederjúnior.

Conheça os tratamentos e as ações sobre saúde auditiva disponíveis no SUS — Ministério da Saúde

Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que 5% da população brasileira é composta de pessoas que apresentam alguma deficiência auditiva. Essa porcentagem significa que mais de 10 milhões de cidadãos apresentam a deficiência e 2,7 milhões têm surdez profunda, ou seja, não escutam nada.

ASCOM/EDERJÚNIOR, ILHÉUS.