Em meio à Mata Atlântica, no sul da Bahia, cinco mulheres transformam suas vidas e os seus entornos por meio de suas relações de subsistência e de defesa da natureza. Angelina, Rita, Dulciene, Maria Raimunda e Eduarda são as marisqueiras que protagonizam “Saberes: Flores e Frutos do mar”, o primeiro fotolivro digital da série Raiz de MarÉ, da artista visual Mariana Cabral.  

A arte da pesca e da mariscagem, na maioria das vezes passados por suas mães e avós, traz para essas mulheres a oportunidade de uma vida livre e a força para buscar os seus direitos. Seus corpos revelam suas histórias e exibem as marcas de um trabalho que exige esforço e acarreta riscos. Mas também são testemunho de dedicação a um lugar que lhes permite a necessária autonomia financeira para seguirem desafiando a violência doméstica e as ameaças externas, como empreendimentos empresariais e grandes obras que impactam nas águas do mar, do rio e nos mangues, transformando diretamente suas vidas e seus territórios.

Com foco na leitura visual de fotografias resultantes de vivências realizadas durante o mês de março deste ano na Aldeia Zabelê (no município de Una), e no entorno da Associação de Pescadores e Marisqueiras do Bairro São Miguel (norte do municípios de Ilhéus), a artista visual Mariana Cabral mostra detalhes dessas mulheres e de suas histórias invisibilizadas. Os textos da jornalista Aline Frazão trazem as vozes dessas mulheres e enriquecem a percepção sobre suas formas de ver e viver o mundo.

Para Mariana, que além de fazer as fotos também realizou o projeto gráfico do livro, é preciso criar mais espaços para a reflexão, para a sensibilização, e para um posicionamento social que seja crítico e construtivo. “A fotografia está para além da estética, tem potencial transformador! Uma honra conhecer cada uma dessas mulheres e poder apresentar parte de suas histórias. Uma honra construir, junto a outras mulheres, essa travessia fotográfica de integração, diálogo e troca”, comemora. O fotolivro já está disponível em https://www.raizdemare.com/sobre-saberes-flores-e-frutos-do-mar  .

Para compartilhar o processo de produção, realizado em total conformidade com as orientações da Organização Mundial de Saúde para a contenção da pandemia da COVID-19, a equipe realizará uma live com participação das cinco marisqueiras protagonistas e também da empreendedora social Ashoka, Maria do Socorro Mendonça, que partilhará informações acerca dos impactos ambientais nessas localidades. O bate-papo virtual será na quinta-feira, dia 20 de maio, às 10h, no perfil @raizdemare, no Instagram.

“Saberes: Flores e Frutos do Mar” é um projeto produzido por uma equipe feminina, composta também por Naiara Gramacho e Potyratê Tê Tupinambá na produção; Marcela Bertelli na revisão; e Tacila Mendes na assessoria de comunicação. Sua realização tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal. 

Sobre a artista visual Mariana Cabral – Graduada em Design Gráfico pela Fundação Mineira de Educação e Cultura, em Belo Horizonte, MG/ 2009. Realiza trabalhos de fotografia e design gráfico para revistas, festivais de cinema, teatro e música. Na sua trajetória, destacam-se registros etnográficos de culturas tradicionais e originárias. Atua também com captação e edição de vídeos, além de ser arte-educadora, ministrando oficinas de audiovisual em parceria com organizações não governamentais. A fim de ampliar vozes e compreensões de mundo, idealizou a série de fotografias ‘Raiz de MarÉ’, cuja primeira edição resultou no fotolivro ‘Saberes: flores e frutos do mar’, apoiado via Lei Aldir Blanc (Bahia).