Uma das estreias mais esperadas do ano se reverteu em uma gigante receita de bilheteria. Homem-Aranha: sem volta para casa se tornou o primeiro filme a alcançar a marca de US$ 1 bilhão de bilheteria em cinemas pelo mundo durante a pandemia, segundo o portal internacional Deadline.

O filme ainda bateu outras duas marcas. Se tornou o segundo longa da Marvel a chegar a US$ 1 bilhão mais rápido, empatado com Vingadores: guerra infinita e logo atrás Vingadores: ultimato. O longa também se tornou a terceira maior bilheteria do Natal norte-americano.

Já era esperado que Homem-Aranha seria a principal estreia do ano. O filme foi muito antecipado após rumores de que faria uma ponte por toda a história do cabeça de teia nos cinemas, desde 2002 até 2021, e as confirmações que vilões antigos do teioso retornariam a viver seus papéis. A produção bateu recordes de pré-venda e bilheteria no Brasil também.

Homem-Aranha: sem volta para casa é o terceiro filme do super-herói no Universo Cinematográfico Marvel (MCU). No longa Peter Parker deve lidar com o fato de que o mundo todo agora sabe de sua identidade secreta e com um evento que abre uma porta para que vilões como Doutor Octopus, Duende Verde, Electro, Lagarto e Homem de Areia, vindo de outras dimensões e realidades.

Fonte: Correio Braziliense