O presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Paulo Carqueija (PSD) teve aprovado o Projeto de Lei nº 60/2023, que inclui o “Passeando pelas Nações” no calendário oficial de eventos do município. O PL foi votado nesta quarta-feira, 27, durante a 53ª Sessão Ordinária. O evento tem como objetivo a propagação do Evangelho do Senhor Jesus, levando ao público presente um olhar desprovido de preconceitos sobre os países representados.

O projeto foi defendido pelo presidente da Câmara, visando unificar o reino de Deus através da unidade de várias igrejas do município e cidades circunvizinhas afim de apresentar aos participantes a realidade que vivem os missionários que atuam nesses lugares. Segundo Carqueija, “o objetivo é mostrar os desafios, dificuldades e alegrias de servir a Deus em contextos culturais diferentes. Oferta também uma alternativa de visitação turística, permitindo que eles conheçam as mais diversas manifestações culturais dos países, respeitando a diversidade e a liberdade religiosa de todos os povos”, concluiu o presidente.

“A ideia nasceu em 2010, ano que realizamos a Feira das Nações, que hoje chama-se Passeando Pelas Nações. Fui orientada a transformar a ideia em lei municipal, pois este projeto será positivo para a cidade, aquecendo a economia e o turismo em Ilhéus”, disse a idealizadora do Passeando Pelas Nações, Kátia Ribeiro, usando o tempo regimental de fala durante a 53ª Sessão Ordinária.

O Projeto de Lei aprovado arrecadará fundos para a Obra Missionária, os quais serão direcionados para os missionários em outros países. As despesas decorrentes da realização do evento correrão à conta das dotações orçamentárias vigente e conforme disponibilidade financeira do município. O PL contribuirá com a economia de Ilhéus visto que haverá a necessidade de locação, compra e prestação de serviços dos mais variados temas e segmentos. A Prefeitura estará autorizada a decretar ponto facultativo na data prevista para realização do evento.