Como forma de empoderar 12 mulheres que sustentam suas famílias lavando roupas, no município de Jequié, a Operação Ronda Maria da Penha do 19º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Jequié) se reuniu, na última terça-feira (09), para debater a violência doméstica e as formas de denunciar.

“A iniciativa partiu de uma das assistidas da Ronda que percebeu a necessidade de alertar suas colegas de trabalho sobre o que é violência contra mulher. Na conversa foram discutidos temas como relações de gênero, patriarcado, tipos e ciclo da violência contra a mulher, Lei Maria da Penha e relacionamento abusivo”, informou a comandante da Ronda Maria da Penha, tenente Patrícia de Oliveira Batista.

Essa é a primeira reunião do projeto Maria Empoderada. “A gente vinha pensando em uma forma de chegar nessas mulheres, muitas com idades avançadas e algumas não percebem que sofrem violência. Durante a conversa, elas se surpreendem”, finalizou a oficial.