Em mais um jogo de torcida única na Fonte Nova, o Vitória, que joga por dois resultados iguais para conquistar o título do Campeonato Baiano, ficou na retranca e só teve uma chance de gol no primeiro tempo, num escanteio cobrado direto para o gol por Cleiton Xavier, que o goleiro Jean espalmou para longe. De resto só deu Bahia no primeiro tempo.

Aos 33, falta para o Bahia, Régis cobrou na área. A zaga do Vitória falhou mais uma vez e o zagueiro Thiago fez 1 a 0 de cabeça, com a bola passando por entre as pernas de Fernando Miguel. No primeiro tempo, o Bahia só fez atacar e criar chances de gol, enquanto o Vitória apenas se defendeu. Apesar da insistência do tricolor, o primeiro tempo acabou em 1 a 0.

No segundo tempo, o Bahia continuou em cima, mas aos 23, o técnico interino Wesley Carvalho trocou Euller pelo centroavante Rafaelson. O rubro-negro se transformou e passou a ganhar as divididas. Perdeu umas três claras chances de gol e aos 32 empatou o jogo. Patric invadiu a área chutou, Jean defendeu, mas a bola bateu em Armero, que fez contra. 1 a 1.

Depois do gol, o jogo ficou mais equilibrado. Aos 42, Uillian Correia foi expulso por receber o segundo cartão amarelo. A partida terminou 1 a 1. A decisão ficou para o próximo domingo (7), no Barradão, com o Vitória jogando por outro empate para ser campeão.