Mais um grande deu adeus à Copa do Brasil. Na noite desta quinta-feira (10/6), o Internacional perdeu para o Vitória por 3 x 1 e foi eliminado da competição continental.

No primeiro tempo, os dois times fizeram um jogo disputado, com o Inter levando a melhor em posse de bola e dominando as poucas ações na etapa inicial.

Mesmo melhor em campo, o Colorado não conseguiu abrir o marcador e só administrou a vantagem adquirida no jogo de ida.

Emoção só na segunda etapa

Mas no segundo tempo tudo mudou. Logo aos cinco minutos, o Inter se complicou. Pedro Henrique levantou o pé, atingiu Guilherme Santos e foi expulso.

O gol fez o Vitória criar coragem e se lançar ao ataque. E com um mais em campo, não teve jeito: Samuel abriu o placar aos 24 minutos, empatando o duelo no agregado. O Internacional foi valente e conseguiu buscar o empate, com Johnny, aos 32 minutos, voltando à frente da disputa.

Mas dois minutos depois, Eduardo marcou um golaço, botou o Vitória novamente à frente do jogo e empatou o confronto. Envolvido no lance da expulsão do Inter, Guilherme Santos marcou o terceiro do Vitória e o gol da classificação, aos 39 minutos.

O Inter ainda tentou levar a decisão para os pênaltis na base do abafa, mas não conseguiu e acabou eliminado da Copa do Brasil. Festa do Vitória no Beira-Rio, que avançou às oitavas da competição.

Agora, a permanência do técnico Miguel Angel Ramirez é incerta no comando do Colorado. O time enfrenta o Bahia no fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. Já o Vitória pega o Operário na Série B.