Na última terça-feira, 16, o Vereador e Vice-presidente da Câmara de Ilhéus, Luiz Carlos Escuta-PP, esteve reunido com ex-secretário de cultura municipal e especialista em gestão cultural, Pawlo Cidade, para discutirem projetos viáveis acerca da comemoração dos 500 anos de história e fundação do Município de Ilhéus, a completar em 2034.

WhatsApp Image 2019-07-19 at 12.45.31 PM.jpeg

Na opinião do também escritor Pawlo Cidade, os 500 anos da cidade dos São Jorge dos Ilhéus, 1534-2034, deve ser precedidos de intensa mobilização do poder executivo, legislativo e organizações e movimentos sociais locais para sinalizarem e retratarem pautas e agendas políticas que visibilizem a chegada dos 500 desta terras dos sem fim!

Resultado de imagem para Ilhéus do passado

Na esteira destes 500 anos, muitos municípios foram agregados, desagregados, histórias narradas em causos e versos, teatros e TVs, cultura e economia forte, muitas resistências registradas e acontecidas. A fundação, os índios, a imigração, a igreja, o esporte, o fruto de ouro!

Que os 500 anos sirvam para sonhar uma cidade mais próspera, com mais igualdade e democracia, onde caibam todos os seus filhos e filhas, no respeito à riqueza da sua diversidade humana, cultural e espiritual.

Resultado de imagem para Ilhéus do passado

Após o encontro, ficou acordado entre o vereador Escuta e o gestor cultural, Pawlo Cidade, que será preparado uma agenda de ações e políticas públicas que serão apresentadas na Câmara de vereadores e posteriormente, encaminhada ao prefeito Mário Alexandre. “Paralelamente à agenda, estaremos propondo ao chefe do executivo, colocação do marco regressivo como registro de início de contagem para os 500 anos da cidade”, adiantou o Vereador Escuta ao JORNAL DO RADIALISTA.

Resultado de imagem para Ilhéus do passado