O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) terá mudanças no processo de seleção de alunos e na escolha de cursos prioritários a partir do segundo semestre de 2016. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta quarta-feira (27) que o objetivo é estimular a participação no programa e diminuir a ociosidade.

As alterações ocorrem após entidade do setor divulgar levantamento apontando que quase metade das 250 mil vagas de financiamento do primeiro semestre estavam ociosas.

A partir do segundo semestre, o Ministério da Educação (MEC) vai adotar sistema parecido com o do ProUni na hora da seleção dos estudantes: os inscritos poderão mudar a opção de curso quantas vezes quiserem de acordo com a nota de corte que será divulgada pelo sistema a partir do segundo dia de inscrições.

O processo seletivo do segundo semestre será antecipado para 14 de junho e seguirá até o dia 17. O resultado sairá em 20 de junho.