Em entrevista coletiva à imprensa internacional, na manhã desta segunda-feira (28), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que o juiz Sergio Moro é uma pessoa “inteligente e competente”, mas que “foi picado pela mosca azul” (se deslumbrou com o poder).

O petista disse que não está longe o dia em que irão pedir desculpas a ele, segundo relato de jornalistas que participaram da entrevista.

Sobre as manifestações contrárias ao governo, o ex-presidente falou que pessoas que ‘enchem pixuleco’ nunca votaram no PT e acusou a mídia de estar levando o Brasil a um clima semelhante ao da Venezuela. Ainda na avaliação de Lula, os pobres poderão ser os salvadores da pátria.

O petista disse também, a exemplo da presidente Dilma Rousseff na semana passada, que impeachment sem base legal é golpe. “É importante não brincar com a democracia”, frisou. Segundo ele, estão usando “falsos argumentos” para encurtar o mandato de Dilma.

Ao comentar a divulgação dos áudios dos grampos, Lula classificou a ação como “deprimente, pobre e de má fé”.