Um levantamento divulgado pelos Correios nesta quarta-feira, 19, indicou que 83% dos empregados continuam trabalhando normalmente, apesar da greve anunciada pela categoria nesta segunda-feira em todo o País. Segundo nota divulgada pela estatal, nas agências, serviços como consulta Limpa Nome Serasa, Achados e Perdidos, e consulta para o auxílio emergencial estão disponíveis à população. A postagem de cartas e encomendas, inclusive SEDEX e PAC, continua sendo realizada e as entregas estão ocorrendo em todos os municípios.

Ontem, os Correios divulgaram o mesmo índice de adesão à greve, o que foi questionado à Jovem Pan por Emerson Marinho, secretário de comunicação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect). “Uma pesquisa entre os setores operacionais e a área administrativa informa que de 67% a 70% das unidades aderiram a paralisação“, informou.

Para minimizar os impactos à população, diante a paralisação parcial dos empregados, a empresa reiterou que já colocou em prática seu Plano de Continuidade de Negócios. Medidas como o deslocamento de empregados administrativos para auxiliar na operação, remanejamento de veículos e a realização de mutirões estão sendo adotadas. Além disso, os índices de qualidade estão sendo monitorados e a empresa está atuando para reforçar o fluxo de entregas.