O governo federal restringiu o desembarque no Brasil de tripulação marítima estrangeira que atua a bordo de embarcações ou plataformas com o intuito de evitar a circulação de novas cepas de Covid-19 no país.

A restrição passou a valer na sexta-feira (28) por meio de portaria que alterou regras em vigor desde 14 de maio e já limitavam a entrada de estrangeiros.

Segundo a Folha, a Casa Civil disse que a alteração atende a pedido da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O órgão havia sugerido a adoção de quarentena para trabalhadores marítimos que vieram de países com circulação de novas variantes da Covid-19.