A Polícia Militar vai reforçar o policiamento em Cosme de Farias, a partir de hoje, para o Carnaval. A informação foi confirmada, ontem, pelo major Fernando Leite, comandante da 58ª Companhia Independente de PM (CIPM/Cosme de Farias).

Na última sexta-feira, um confronto entre PMs da Rondesp Atlântico  provocou a morte de dois homens e deixou um outro ferido durante uma operação contra o tráfico de drogas. “Vamos montar quatro pontos de abordagens, em horários diferenciados, em toda área da 58ª CIPM”, declarou o major sem dar mais detalhes sobre a operação.

Um boato espalhado no aplicativo WhatsApp motivou o reforço do policiamento no bairro. A mensagem, divulgada há cerca de uma semana, diz que facções rivais vão se enfrentar na festa, e informa local de encontro e até como os grupos estarão vestidos.

Segundo major Leite, a origem da mensagem ainda é desconhecida. No confronto no bairro, três foram baleados por PMs da Rondesp Atlântico — que alegaram terem sido recebidos a tiros, na Rua Wenceslau Galo. Um dos mortos, Alexsandro Pinheiro dos Santos Lima, 20 anos, ajudava a mãe na pizzaria do bairro e era conhecido pelos policiais, segundo a família.